Publicado em Deixe um comentário

Ranking Webometrics: RepositoriUM ocupa o 1º lugar nacional e 11º lugar em termos mundiais




Este Ranking foi elaborado pelo Centro Superior de Investigaciones Científicas, o maior organismo de investigação científica de Espanha, que pretende medir o impacto e a visibilidade das universidades na Web. Nesse ranking, a Universidade do Minho ocupa a terceira posição entre as universidades portuguesas, a 136ª posição entre as 500 universidades europeias incluídas no ranking e a 333ª entre as 4.000 universidades de todo o mundo incluídas no ranking (do conjunto de cerca de 15000 universidades analisadas).

Contudo, considerando apenas os repositórios institucionais, ou seja excluindo os repositórios temáticos (como o Arxiv, Research Papers in Economics, E-Lis e CiteSeer) e os repositórios colectivos (como o Academic Archive Online), que ocupam os primeiros lugares por congregarem as publicações de milhares de autores de múltiplas instituições, o RepositóriUM ocupa o 6º lugar em termos mundiais, o 5º em termos europeus e o 1º a nível nacional (aliás, em termos nacionais, para além do RepositóriUM no Top 200 apenas consta o Depósito de Teses e Dissertações da Biblioteca Nacional na 173ª posição). 

 

Estes resultados são reveladores da importância e do impacto que o RepositóriUM tem na divulgação da produção científica da Universidade do Minho, e são também uma recompensa para todos os membros da Universidade do Minho que aí depositam as suas publicações.

Esta notoriedade do RepositóriUM pode constituir ainda um estímulo às unidades orgânicas e aos docentes e investigadores da UMinho, que ainda não depositam sistematicamente todas as suas publicações no RepositóriUM, para que o passem a fazer desde já.

 

Para além da visibilidade acrescida (apenas durante este mês de Janeiro já se registaram cerca de 90.000 downloads de publicações do RepositóriUM), o auto-arquivo de publicações no RepositóriUM é, e será cada vez mais no futuro próximo, uma forma de cumprir com os requisitos de um número crescente de entidades financiadoras da investigação que já exigem, ou anunciaram que irão passar a exigir, o depósito das publicações dos projectos por si financiados em repositórios de Acesso Livre. Um dos exemplos mais recentes e significativos foi o do European Research Council, que em 17 de Dezembro anunciou:

 

The ERC requires that all peer-reviewed publications from ERC-funded research projects be deposited on publication into an appropriate research repository where available, such as PubMed Central, ArXiv or an institutional repository, and subsequently made Open Access within 6 months of publication.


________________________________________
Gabinete de Comunicação, Informação e Imagem
Universidade do Minho
Telef. 253 601109
Fax. 253 601105

gcii@reitoria.uminho.pt

 
    “

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *