Publicado em Deixe um comentário

Enterro da Gata – Chuva abençoa finalistas

O dia começou cedo para centenas de estudantes minhotos que rumaram à UMinho para a Imposição das Insígnias. O tempo de espera fazia aumentar o nervosismo de filhos e pais que ansiavam pelo momento da troca do tricórnio. Houve ainda tempo para canções e hinos de curso, e até para algumas lágrimas. Quem também não faltou à cerimónia foi o Reitor da Universidade, António Cunha, que deixou uma mensagem de esperança e feliciatação a todos os presentes.



Já na parte da tarde, o Santuário do Sameiro encheu-se para benzer os muitos que ali acorreram. Apesar da chuva, que decidiu não dar tréguas, os finalistas não arredaram. ”Missa molhada, missa abençoada”, diziam. A cerimónia foi presidida pelo arcebispo primaz, D. Jorge Ortiga, que quis dar um alento de esperança aos estudantes,  ”não espereis pela sorte, não acrediteis somente no destino”, aconselhou.


Apesar do dia já ir longo, a noite prometia. Rui Veloso e Azeitonas fizeram as honras à casa, na abertura das noites do Gatódromo. A chuva decidiu continuar a não abandonar as monumentais festas dos minhotos, o que gorou muitas das expectativas dos presentes. Os espaços com tendas cobertas foram, então, os locais mais procurados, na tentativa dos estudantes continuarem a fazer a festa, menos molhados! Contudo, nem todos tiveram a mesma sorte. Os espaços foram pequenos para tanta gente e Catarina Carvalho, finalista de Ciências da Comunicação, é o exemplo disso. ”É uma pena que não previnam estas situações e ainda por cima, a tenda da RUM, que é das maiores está fechada ao público, o que num dia como estes não tem qualquer sentido”, afirmou ao UMDicas.


Apesar das contrariedades, muitos foram os que permaneceram em frente ao palco, cantando e dançando ao ritmo dos Azeitonas e, mais tarde, de Rui Veloso. As músicas, sabidas de cor e entoadas em conjunto, fizeram aquecer os ânimos naquela que será, provavelmente, a noite menos preenchida do Gatódromo.


A animação continua hoje, dia 8, na alameda do Estádio AXA, com Expensive Soul, Marcelos D2 e ainda 2 Many Dj’s.


 


Texto: Ana Paula Magalhães




(Pub. Mai/2011)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *