Publicado em Deixe um comentário

UMinho vence concurso de logótipos da EUSA 2023

UMinho vence concurso de logótipos da EUSA 2023

O logótipo do Campeonato Europeu Universitário de Voleibol – Braga (POR) foi o grande vencedor do concurso de logótipos promovido pela EUSA – European University Sports Association, que esteve em votação até ao dia 21 de dezembro de 2023.  A imagem do evento organizado pela Universidade do Minho foi a vencedora entre 15 logótipos, arrecadando o prémio EUSA European Universities Championship Logotype Award.

A votação para este concurso terminou com a conclusão dos campeonatos europeus de inverno das universidades pertencentes à EUSA e consequente encerramento da época desportiva de 2023, dando a conhecer o vencedor, bem como os outros dois lugares no TOP 3.

O público teve a oportunidade de votar em 15 logótipos, representantes de 22 competições que fizeram parte da época dos Campeonatos Europeus Universitários deste ano, tanto de verão como de inverno.

O concurso contou com um total de 2786 votos, votação que elegeu o Top 3 dos vencedores do Prémio de Logótipo do Campeonato Europeu Universitário da EUSA. O Campeonato Europeu Universitário de Voleibol – Braga (POR) foi o grande vencedor, seguindo-se o logótipo do Campeonato Europeu Universitário de Remo – Bydgoszcz (POL), e em terceiro o logótipo do Campeonato Europeu Universitário de inverno – Val di Zoldo (ITA).

Texto: Redação

Publicado em Deixe um comentário

Dezembro Solidário – Sessões gratuitas de Tai Chi Chuan

UMinho Sports | Dezembro Solidário - Sessões gratuitas de Tai Chi Chuan

O Departamento de Desporto e Cultura dos Serviços de Ação Social da Universidade do Minho (SASUM) vai disponibilizar, em dezembro, sessões gratuitas e abertas a todos de Tai Chi Chuan.

Numa lógica solidária, a iniciativa “Dezembro Solidário” vai oferecer sessões de Tai Chi Chuan, condicionadas à entrega de um bem alimentar, que, posteriormente, serão entregues aos alunos da UMinho mais carenciados, em articulação com o Departamento Apoio Social.

As sessões acontecem:

– no Complexo Desportivo de Gualtar às 2ª feiras das 20.00h às 21.00h nos dias 4, 11 e 18 de dezembro;

– no Complexo Desportivo de Azurém às 4ª feiras das 20.00h às 21.00h nos dias 6, 13 e 20 de dezembro.

Apesar das sessões serem gratuitas, a inscrição é obrigatória nos balcões de atendimento dos Complexos Desportivos.

Mais informações: ddc@sas.uminho.pt

Texto: Redação

 

Publicado em Deixe um comentário

Serviços Desportivos da UMinho disponibilizam programas diversificados promovendo a saúde e bem-estar físico e mental

Serviços Desportivos da UMinho disponibilizam programas diversificados promovendo a saúde e bem-estar físico e mental

O Departamento de Desporto e Cultura dos Serviços de Ação Social da Universidade do Minho (DDC SASUM, sob a égide da marca UMinho Sports, disponibiliza uma oferta alargada de serviços desportivos no âmbito da saúde e do bem-estar físico e mental para a comunidade académica e comunidade externa, sendo possível a prática de atividade física e desportiva desde 2€ por sessão ou 16€ por mês.

A maioria das atividades centra-se nos complexos desportivos dos campi de Gualtar (Braga) e Azurém (Guimarães), e no centro de Condição Física e Court de Squash na Residência Universitária de Santa Tecla (Braga).

São disponibilizadas atividades de fitness e musculação, avaliações físicas e planos de treino, atividades aquáticas, desportos de combate, modalidades desportivas de recreação e lazer, num total de 70 aulas de fitness distribuídas por 18 modalidades diferente, 9 aulas de natação, 10 modalidades desportivas de recreação e 12 modalidades protocoladas semanalmente, assim como a disponibilização de alugueres de espaços desportivos, funcionando de 2ª a 6ª feira das 08h00-23h30 e aos sábados das 09h00-13h30.

A inscrição nas atividades pode ser realizada através da App móvel dos SASUM ou no portal UMinho Sports. A informação está disponível em www.sas.uminho.pt/desporto.

O DDC SASUM começou a desenvolver a sua atividade no ano letivo de 1994/1995, tendo como missão promover a participação desportiva no seio da comunidade académica, proporcionando condições de acesso democrático a essa prática, num ambiente educativo, saudável e de excelência.

Assim, e de forma a criar um serviço desportivo que fosse reconhecido como uma referência a nível nacional e no espaço europeu, ao longo destes 28 anos apostou-se no desporto como componente fundamental na formação integral dos estudantes da Universidade do Minho (UMinho). Esta realidade potenciou o aumento significativo do número de praticantes nos serviços desportivos, sendo que em 2022 contavam-se 5 857 utentes para uma oferta de 56 modalidades desportivas, registando-se ainda um total anual de 155 334 usos nas instalações desportivas.

Dos cerca de 20 000 estudantes da UMinho inscritos em 2022, cerca de 4 046 estiveram inscritos nos serviços desportivos e praticam desporto de forma regular no âmbito da atividade oferecida nas instalações desportivas dos SASUM, seja em atividades de lazer ou atividades de competição (Atividades Aquáticas, Desportos Coletivos, Artes Marciais e Combate, Desportos Individuais, Atividades de Fitness, Corpo e Mente) – com uma taxa superior a 20% de população fisicamente ativa, não estando aqui contabilizados os estudantes e que o fazem fora da instituição – o que coloca a UMinho ao nível das melhores práticas desenvolvidas pelas suas congéneres europeias, nomeadamente as que se dedicam ao “Desporto para Todos”, tipicamente situadas no Norte e Centro da Europa.

Infraestruturas desportivas

A UMinho possui dois Complexos Desportivos (Gualtar e Azurém) e o Centro de Condição Física de Santa Tecla. O Complexo Desportivo de Gualtar é composto por duas naves polivalentes, dois campos exteriores em relva sintética, três salas de condição física (musculação, cardiofitness e treino funcional), três ginásios para atividades de ritmo, corpo e mente, desportos de combate e defesa pessoal, campo de voleibol de praia, monólito exterior de escalada com 14 metros de altura, rocódromo interior com 10 metros de altura e um centro médico.

O Complexo Desportivo de Azurém é composto por uma nave polivalente, sala de treino funcional, sala de condição física (musculação e cardiofitness), dois ginásios para atividades de ritmo, desportos de combate e defesa pessoal.

O Centro de Condição Física de Santa Tecla é composto por uma sala de condição física para treino funcional e um court de squash.

Para além destas infraestruturas desportivas, a UMinho tem uma oferta de desportos aquáticos que se desenvolve em espaços protocolados com outras entidades, nomeadamente nas Piscinas Municipais da Rodovia, em Braga.

As salas de musculação e cardiofitness dos Complexos Desportivos de Azurém e Gualtar estão dotadas de equipamentos modernos e adaptados aos mais recentes exercícios de fitness e musculação, indo ao encontro das necessidades e expetativas da comunidade académica em relação às condições para a prática desportiva.

Atividades de Lazer

No que toca às atividades de lazer, a oferta é alargada, abrangendo várias modalidades de competição que têm, também, a vertente informal, para além de várias outras atividades de artes marciais, desportos de combate e fitness.

A oferta destas ou outras atividades depende de uma avaliação da procura que é feita anualmente, nomeadamente junto dos estudantes que todos os anos chegam à Universidade, de forma a conhecer as tendências e o perfil de prática desportiva dos novos alunos.  

As atividades de fitness são a maior oferta em termos de lazer, compreendendo atividades aeróbicas, atividades de corpo e mente, danças e localizadas, de forma a ir de encontro à procura, sendo que o objetivo passa por aumentar a regularidade de prática desportiva da comunidade académica, mas não só.

À disposição dos nossos utentes está uma equipa de instrutores especializados, com a missão de desenvolver planos de treino personalizados adequados aos objetivos de cada utilizador, acompanhar todos os exercícios e realizar avaliações físicas.

Para que o acesso à atividade física seja ainda mais flexível e acessível a todos, é possível realizar o pagamento do cartão anual e do cartão semestral UMinho Sports em prestações mensais consecutivas.

Em 2023 foram atribuídos 28 prémios de mérito desportivo aos estudantes que conciliaram os resultados desportivos de relevo, nacional e internacional, com o sucesso académico

A UMinho é uma das Academias que mais sucesso tem alcançado em termos desportivos, o que tem vindo a projetar, a imagem do desporto da UMinho, a nível nacional e internacional. Hoje a UMinho é conhecida no meio do Desporto Universitário europeu e mundial como uma instituição de referência na oferta de serviços, competição desportiva universitária e como uma entidade que organiza eventos internacionais com elevados padrões de qualidade.

 

Texto: Ana Marques

Foto: Nuno Gonçalves

Publicado em Deixe um comentário

Universidade do Minho conquistou Selo Estudante-Atleta

Universidade do Minho conquistou Selo Estudante-Atleta

Promoção da carreira dupla e do sucesso pós-carreira desportiva valem à UMinho reconhecimento do IPDJ

O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) atribuiu ontem à noite o selo Estudante-Atleta à Universidade do Minho (UMinho). A instituição obteve 82 pontos vendo assim reconhecido o trabalho desenvolvido na promoção das condições de conciliação da carreira dupla dos(as) atletas, com vista à melhoria dos resultados, académicos e desportivos, e também no sucesso no pós-carreira desportiva. A titularidade do Selo Estudante-Atleta é válida por dois anos consecutivos, reportados à data da sua atribuição, neste caso até outubro de 2025.

A iniciativa de entrega dos “Prémios de Mérito Desportivo” decorreu no Teatro Thalia, em Lisboa e o Selo Estudante-Atleta atribuído à UMinho foi recebido pela administradora dos Serviços de Ação Social, Alexandra Seixas e pelo diretor do Departamento de Desporto e Cultura dos Serviços de Ação Social da UMinho, João Ribeiro. O reconhecimento foi entregue pela Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato e pelo Secretários de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Correia, e o Secretário de Estado do Ensino Superior, Pedro Teixeira.

A iniciativa do IPDJ foi lançada em 2022 e visa incentivar as instituições de ensino superior nacionais para que os/as estudantes-atletas beneficiem de melhores condições de conciliação da carreira dupla, académica e desportiva, e também no pós-carreira desportiva, sendo também este um fator de diferenciação positiva na capacidade de atrair alunos/as. O objetivo desta iniciativa é o de distinguir as instituições de ensino superior que fomentam essas mesmas carreiras duplas e a atribuição deste selo resulta da avaliação das candidaturas submetidas pelas instituições, considerando a implementação de condições suportadas em regulamentação própria, metodologias, infraestruturas, recursos, instrumentos e iniciativas que se destinem ao efetivo apoio estrutural do estudante-atleta. Esta primeira edição contou com 11 candidaturas submetidas, nomeadamente sete universidades e quatro institutos politécnicos. Destas, apenas oito cumpriram com as condições para a atribuição do Selo, sendo a UMinho uma das que obteve melhor classificação.

Texto: GCI

Publicado em Deixe um comentário

Universidade do Minho elegeu os melhores do Desporto em 2022/2023

Universidade do Minho elegeu os melhores do Desporto em 2022/2023

Manuel Gomes (Treinador do Ano), Luiz Alexandre (Atleta Masculino do Ano), Mariana Machado (Atleta Feminino do Ano) e Sofia Oliveira (Percurso Desportivo) foram os grandes vencedores da 22.ª edição da Gala do Desporto da Universidade do Minho (UMinho) que entregou os “PODIUM” aos melhores de 2022/2023. Este ano foi ainda entregue o “Galardão Prestígio” à Câmara Municipal de Braga.

A Gala incluiu ainda um reconhecimento ao Comité Organizador do Campeonato Europeu Universitário de Voleibol, tendo sido chamados ao palco os vice-presidentes de cada área para receberem a medalha.

A Gala anual de homenagem aos melhores desportistas, treinadores, técnicos e dirigentes desta Universidade, teve uma vez mais como palco, o fantástico Salão Medieval da Reitoria da UMinho, no qual juntou cerca de 200 convidados, entre estudantes/atletas, treinadores, dirigentes desportivos, responsáveis da Universidade, mas também dirigentes de outras instituições, universitárias e desportivas, bem como personalidades de relevo do panorama desportivo e político regional e nacional. 

Organizada pelos Serviços de Ação Social da UMinho (SASUM), em cooperação com a Associação Académica (AAUMinho), a cerimónia de atribuição dos “galardões do desporto” decorreu ontem, dia 9 de outubro, pelas 19h00, e visou prestar homenagem aos estudantes/atletas e treinadores desta Universidade que, a título individual ou coletivo, alcançaram lugares de “PODIUM” nas Competições Desportivas Universitárias na época desportiva 2022/2023. O momento pretendeu reconhecer publicamente todos os envolvidos nos sucessos da época desportiva transata, que obtiveram um desempenho de excecional valor no desporto da UMinho, elevando o nome da Academia, dentro e fora do país. Pretendeu-se ainda e também, com este evento, promover o desporto e a prática desportiva.

Para além dos “atores” principais, os 20 nomeados, a grande festa do desporto da Academia Minhota contou com a presença, entre os convidados, do reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, da administradora dos SASUM, Alexandra Seixas, da presidente da AAUMinho, Margarida Isaías, do Diretor Regional do Norte do IPDJ, Vítor Dias, do presidente da Federação Académica do Desporto Universitário (FADU), Ricardo Nora, da Vice-Presidente da Câmara Municipal de Braga, Sameiro Araújo, entre outras personalidades. 

A Gala representa o encerramento da época desportiva e visa reconhecer e enaltecer a importância do desporto universitário, homenagear os campeões, bem como premiar aqueles que mais se destacaram na época desportiva de 2022/2023. Pretendendo agradecer a todos os que ao longo do ano se empenharam, esforçaram e deram o máximo para representar condignamente a UMinho, simbolizando os “PODIUM” entregues, o reconhecimento pelo esforço e dedicação ao desporto universitário. 

E deram muito! Tal como realçou Margarida Isaías, “hoje celebramos os 333 estudantes-atletas que representaram a UMinho em provas nacionais e internacionais! Hoje celebramos os treinadores e assistentes técnicos que contribuíram para os excelentes e, alguns inéditos, resultados na época desportiva 22/23”. Sublinhando as 80 medalhas conquistadas em modalidades individuais e coletivas (32 de ouro, 23 de prata e 25 de bronze), que resultaram na conquista do 2.º lugar no Troféu Universitário de Clubes da FADU. A dirigente associativa destacou ainda as organizações internacionais, as parcerias com clubes e associações, bem como a “missão” desportiva perseguida em cooperação pela UMinho, pelos SASUM e AAUMinho “uma receita que se tem mostrado imperfeitamente perfeita época após época”, disse.

A presidente da AAUMinho aproveitou a oportunidade e a presença de algumas entidades para criticar a “desatualização dos métodos de ensino nas Universidades Portuguesas”, para exigir mais “investimento financeiro no desporto”, afirmando que “o combate a esta tendência de abandono desportivo passa por irmos mais além e não de irmos para trás”. Acrescentando que, “de março até agora atingimos já os 100 000€ investidos, prevendo passar em cerca de 20 000€ este valor, até ao final do ano”, um aumento do investimento no desporto que diz não ter visto, “nem por parte da UMinho”, “nem por parte Estado”, assistiu-se sim a uma “redução do financiamento no movimento estudantil em Portugal, quando deveria caminhar no sentido do seu aumento”, patenteou.

Terminando, agradeceu a todos, garantindo que “apesar das dificuldades, iremos continuar a trabalhar para promover o desporto universitário na UMinho. Afinal, quanto maiores são as dificuldades a vencer, maior será a satisfação e a celebração!”

Alexandra Seixas, destacou que “a aposta no desporto universitário é a dimensão mais visível e concreta da estratégia de promoção de hábitos de vida saudável”, sublinhando o papel dos SASUM na criação de condições para a prática desportiva, em paralelo com as rotinas diárias dos estudantes. “Gostamos de pensar que, nos SASUM, contribuímos para, além de formarmos indivíduos mais saudáveis, criamos e promovemos condições para a aquisição de competências sociais, as famosas e comummente denominadas “soft skills” que a prática desportiva, reconhecidamente, confere”, disse.

Revelando alguns números, a administradora dos Serviços Sociais destacou: os mais de 5 800 utentes registados nos serviços desportivos da UMinho, dos quais cerca de 4000 são estudantes, e destes, 333 representaram a UMinho nos Campeonatos Nacionais Universitários; as 80 medalhas conquistadas em modalidades individuais e coletivas (32 de ouro, 23 de prata e 25 de bronze), e dessa forma, a conquista pela AAUMinho do 2.º lugar no medalheiro Nacional Universitário e 3º lugar no Troféu Universitário de Clubes; foram ainda conquistadas 3 medalhas de bronze nos Campeonatos Europeus Universitários (Andebol e Kickboxing); 2 estudantes da UMinho, Mariana Machado e Tamila Holub, representaram Portugal nos Jogos Mundiais Universitários com destaque para a conquista da medalha de ouro na prova de 5000m planos pela Mariana; a UMinho acolheu o Campeonato Europeu Universitário de Voleibol, em Braga, no qual participaram 25 equipas (15 femininas e 10 masculinas) de 10 países diferentes; e foram atribuídos 276 estatutos de estudante atleta da UMinho. Afirmando que estes “resultados” e todo o “trabalho” que é feito, “a todos nos orgulham”.

Rui Vieira de Castro destacou a importância do desporto no seio da UMinho e do desporto universitário, “como complemento essencial da formação superior”. Agradecendo a todos os que contribuem para o sucesso da UMinho nesta área, inclusive aos parceiros que são, disse, “fundamentais para a concretização do nosso projeto desportivo”.

Expondo alguns números, o Reitor assegurou que “há razões para estarmos contentes”, referindo que, um quarto dos membros da comunidade académica são utentes registados nos serviços desportivos da UMinho, “certamente há ainda espaço para crescimento, mas estamos num ponto já notável”, declarou.

Dirigindo-se a todos os estudantes-atletas que vestem a camisola da UMinho, o responsável da Universidade disse que os seus sucessos são resultado do seu esforço pessoal, agradecendo o facto de mostrarem que é possível um percurso de elevado nível académico, e, ao mesmo tempo, um percurso de elevado nível desportivo, “agradeço essa demonstração que fazem de que é possível esta combinação virtuosa”.

Finalizando, patenteou a ideia da importância que o desporto tem na concretização da missão educadora da universidade. “Todos entendemos que o desporto é uma dimensão fundamental da educação integral que a universidade procura garantir aos seus estudantes”, frisou.

Chegado o momento mais aguardado, a revelação dos vencedores da noite, pelas mãos da administradora dos SASUM foi entregue o galardão de Treinador do Ano, que este ano foi para Manuel Gomes. O treinador de Kickboxing conquistou, ao longo da época, sete medalhas de Ouro, cinco medalhas de Prata e duas medalhas de Bronze. Arrecadou ainda duas medalhas de Bronze no Europeu Universitário da modalidade. O PODIUM foi entregue pela Administradora dos SASUM. 

O vencedor na categoria de Atleta Masculino do Ano foi Luiz Alexandre, estudante da Licenciatura em Engenharia Eletrónica Industrial e Computadores e atleta de Kickboxing. Na época 2022/2023, o desportista foi Medalha de Ouro no Campeonato Nacional Universitário da modalidade na variante Lightkick <74kg e Lowkick <71kg e foi também Ouro no Coletivo. Arrecadou ainda o Bronze no Europeu Universitário da modalidade. O PODIUM foi entregue pela Vice-Presidente da Câmara Municipal de Braga.

Mariana Machado foi a eleita na categoria de Atleta Feminino do Ano. A estudante do Mestrado Integrado em Medicina e desportista de Atletismo conquistou a Medalha de Ouro, individual e coletiva, no Campeonato Nacional Universitário da modalidade em corta-mato. Foi ainda Medalha de Ouro nas Universíadas. O PODIUM foi entregue pela presidente da AAUMinho. 

A última revelação da noite foi o vencedor da categoria Atleta Percurso Desportivo, PODIUM que este ano foi entregue a Sofia Oliveira. A estudante e atleta de Kickboxing concluiu o Mestrado Integrado em Engenharia Eletrónica Industrial e Computadores. Ao longo do seu curriculum, arrecadou nove Medalhas de Ouro nos Campeonatos Nacionais Universitários da modalidade. Participou ainda nos Campeonatos Europeus Universitários em 2019, 2022 e 2023, onde arrecadou as Medalhas de Bronze, Ouro e Bronze, respetivamente. A distinção foi entregue por Vítor Dias. 

O Galardão Prestígio foi entregue à Câmara Municipal de Braga, na pessoa da sua Vice-Presidente, Sameiro Araújo, como reconhecimento pela relevância e longevidade das ligações entre a Câmara Municipal de Braga e a Universidade do Minho no âmbito do desporto universitário nos planos organizativo, formativo e competitivo. A entidade foi reconhecida pela parceria e cooperação profícua que tem mantido com a instituição minhota ao longo de mais de duas décadas, mais concretamente desde 1998, que resultou na organização bem-sucedida de 12 eventos internacionais, nomeadamente, seis campeonatos mundiais universitários e seis campeonatos europeus universitários. O Galardão foi entregue pelo reitor da UMinho. 

A noite terminou com jantar e convívio entre todos os presentes.

Texto: Ana Marques

Foto: Nuno Gonçalves

Publicado em Deixe um comentário

XXII Gala do Desporto da Universidade do Minho

XXII Gala do Desporto da Universidade do Minho

É já na próxima semana que a Universidade do Minho (UMinho) realiza a sua XXII Gala do Desporto. Organizada desde 2001 pelos Serviços de Acção Social da UMinho (SASUM), em colaboração com a Associação Académica (AAUMinho), a Gala do Desporto 2023 terá lugar pelas 18h30 da próxima segunda-feira, dia 9 de outubro, no Salão Medieval da Reitoria da Universidade do Minho (Largo do Paço, Braga).

Esta Gala presta homenagem aos estudantes/atletas e treinadores desta Universidade que, a título individual ou coletivo, alcançaram lugares de “PODIUM” nas Competições Desportivas Universitárias na época desportiva 2022/2023. O momento pretende reconhecer publicamente todos os envolvidos nos sucessos da época desportiva transata, que obtiveram um desempenho de excecional valor no desporto da UMinho, elevando o nome da Academia, dentro e fora do país. Pretende-se ainda e também, com este evento, promover o desporto e a prática desportiva.

A Gala do Desporto é assim, o culminar de mais uma época desportiva para a AAUMinho. Foram cerca de 333 os atletas que representaram a AAUM/UMinho nas provas nacionais da Federação Académica de Desporto Universitário (FADU). Uma participação que se traduziu em importantes resultados para a Academia, destacando-se as 80 medalhas conquistadas em modalidades individuais e coletivas (32 de ouro, 23 de prata e 25 de bronze). Dessa forma, a AAUMinho arrecadou o segundo lugar no ranking do Troféu Universitário de Clubes da Federação Académica do Desporto Universitário.

Para esta classificação, em muito contribuíram as medalhas de ouro no andebol feminino e masculino, Atletismo Corta-Mato e Ar Livre, Basquetebol 3×3 Feminino, Basquetebol Masculino, Canoagem, Futsal Masculino, Karaté, Kickboxing, Natação Piscina Curta e Longa, Orientação, Taekwondo, Voleibol Feminino e Xadrez, bem como todos os outros medalhados e participantes em provas que pontuaram para os títulos coletivos das suas equipas.

Evidentemente, para além de todos estes, também conquistaram o direito à presença na Gala do Desporto da UMinho todos aqueles que participaram, em representação da UMinho, nos campeonatos internacionais. 

Este é, ano após ano, um momento alto da vida da UMinho na área do desporto, uma celebração coletiva da importância do desporto na Academia Minhota, que junta em ambiente de festa todos os que de alguma forma participaram ou contribuíram para as conquistas da AAUMinho e da UMinho. Desta forma, as duas entidades reconhecem e valorizam o empenho de todos os agentes desportivos, encorajando-os para o início da nova época que se espera de sucesso.

Na corrida aos galardões de 2023 estão 20 personalidades, cinco nomeados em cada uma das categorias a concurso (treinador do ano, atleta masculino do ano, atleta feminino do ano e atleta percurso desportivo).

Os nomeados na categoria de Treinador do Ano 2023 são:

Eduardo Fernandes: o treinador de Andebol Masculino conquistou o Campeonato Nacional Universitário e foi medalha de Bronze no Europeu Universitário da modalidade.

Maria Mimosa: a treinadora de Natação conquistou, ao longo da época, seis medalhas de Ouro, três medalhas de Prata e quatro medalhas de Bronze.

Manuel Gomes: o treinador de Kickboxing conquistou, ao longo da época, sete medalhas de Ouro, cinco medalhas de Prata e duas medalhas de Bronze. Arrecadou ainda duas medalhas de Bronze no Europeu Universitário da modalidade.

Alexandre Oliveira: o treinador de Basquetebol e Basquetebol 3×3 conquistou, ao longo da época, uma medalha de Ouro no Basquetebol Masculino, uma medalha de Ouro no Basquetebol 3×3 Feminino, uma medalha de Prata no Basquetebol 3×3 Masculino, o 11º lugar no Europeu de Basquetebol 3×3 Feminino e o 16º lugar no Europeu de Basquetebol Masculino.

Pedro Holstein: o treinador de Futsal conquistou o Campeonato Nacional Universitário e classificou-se em 5º lugar no Europeu Universitário da modalidade.

 

Os nomeados na categoria de Atleta Masculino do Ano 2023 são:

João Noivo: estudante do Mestrado em Engenharia e Gestão de Sistemas de Informação e atleta de Basquetebol. Na época 2022/2023 arrecadou a Medalha de Ouro no Campeonato Nacional Universitário de Basquetebol e a Medalha de Prata no Campeonato Nacional Universitário de Basquetebol 3×3. A nível internacional ficou em16º lugar no Europeu de Basquetebol Masculino.

Rafael Simões: estudante do Mestrado Integrado em Medicina e atleta de Natação. Na época 2022/2023, o nadador conquistou a Medalha de Ouro, em Piscina Curta, nos 200m estilos e 100m bruços. Na Piscina Longa venceu em 100 bruços. Obteve ainda a Medalha de Bronze, em Piscina Longa, nos 200m estilos.

Diogo Rosário: estudante do Mestrado em Matemática e Computação e atleta de Atletismo. Na época 2022/2023 foi Medalha de Ouro nos 3000m Obstáculos e 5000m Planos ao Ar Livre e venceu o Ouro Coletivo na prova de Corta-Mato.

Luiz Alexandre: estudante da Licenciatura em Engenharia Eletrónica Industrial e Computadores e atleta de Kickboxing. Na época 2022/2023, o desportista foi Medalha de Ouro no Campeonato Nacional Universitário da modalidade na variante Lightkick <74kg e Lowkick <71kg e foi também Ouro no Coletivo. Arrecadou ainda o Bronze no Europeu Universitário da modalidade.

José Silva: estudante da Licenciatura em Marketing e atleta de Andebol. Na época 2022/2023, o andebolista conquistou o título no Campeonato Nacional Universitário e arrecadou o Bronze no Europeu Universitário da modalidade.

 

Os nomeados na categoria de Atleta Feminino do Ano 2023 são:

Nádia Gonçalves: estudante da Licenciatura em Direito, a atleta de Andebol conquistou, na época 2022/2023, a Medalha de Ouro no Campeonato Nacional Universitário de modalidade e contribuiu para a conquista, pela sua equipa, do 8º lugar no Europeu Universitário.

Rita Fernandes: estudante do Mestrado em Ciências da Saúde, a atleta de Orientação conquistou, na época 2022/2023, a Medalha de Ouro individual e coletiva no Campeonato Nacional Universitário da modalidade e conseguiu, a nível europeu, o 74º lugar na variante Sprint, e o 60º lugar na variante Middle.

Mariana Machado: estudante do Mestrado Integrado em Medicina, a desportista de Atletismo conquistou a Medalha de Ouro, individual e coletiva, no Campeonato Nacional Universitário da modalidade em corta-mato. Foi ainda Medalha de Ouro nas Universíadas.

Raquel Dantas: estudante da Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial, a atleta de Basquetebol conquistou, na época 2022/2023, a Medalha de Ouro em Basquetebol 3×3. Alcançou ainda o 11º lugar no Europeu da modalidade.

Magda Ferreira: estudante do Mestrado Integrado em Medicina, a atleta de Voleibol conquistou na época 2022/2023, a Medalha de Ouro no Campeonato Nacional Universitário de modalidade e contribuiu para a conquista, pela sua equipa, do 12º lugar no Europeu Universitário.

 

Os nomeados na categoria de Atleta Percurso Desportivo do Ano 2023 são:

Eva Monteiro – terminou o Mestrado Integrado em Engenharia Têxtil. A atleta de Voleibol arrecadou três Medalhas de Ouro e duas Medalhas de Prata nos Campeonatos Nacionais Universitários da modalidade. A nível internacional participou no Campeonato Europeu Universitário de Voleibol 2022, contribuindo para o 8º lugar da equipa.

Sofia Oliveira- terminou o Mestrado Integrado em Engenharia Eletrónica Industrial e Computadores. A atleta de Kickboxing conseguiu, ao longo do seu curriculum, nove Medalhas de Ouro nos Campeonatos Nacionais Universitários da modalidade. Participou ainda nos Campeonatos Europeus Universitários em 2019, 2022 e 2023, onde arrecadou as Medalhas de Bronze, Ouro e Bronze, respetivamente.

Catarina Ribeiro – terminou o Mestrado Integrado em Psicologia. A atleta de Voleibol, ao longo do seu percurso desportivo, foi Campeã Nacional Universitário por duas vezes e vice-campeã por dias vezes também. A nível internacional teve três participações em Campeonatos Europeus Universitários – 2018, 2022 e 2023, nos quais foi 10º, 8º e 12º lugar, respetivamente.

André Gomes – terminou o Mestrado Integrado em Engenharia e Gestão de Sistemas de Informação. O atleta de Basquetebol foi por duas vezes Campeão Nacional Universitário, duas vezes vice-campeão, alcançando ainda uma Medalha de Bronze.

Nuno Castro – terminou o Mestrado em Biologia molecular, Biotecnologia e Bioempreendedorismo. O atleta de Voleibol foi por duas vezes Campeão Nacional Universitário e uma vez vice-campeão. A nível internacional teve duas participações em Campeonatos Europeus Universitários – 2019 e 2023, arrecadando o 9º e 8º lugar, respetivamente.

 

22ª edição distingue Câmara Municipal de Braga

A Universidade do Minho pretende distinguir a Câmara Municipal de Braga com a atribuição do Galardão Prestígio como reconhecimento pela relevância e longevidade das ligações entre a Câmara Municipal de Braga e a Universidade do Minho no âmbito do desporto universitário nos planos organizativo, formativo e competitivo. A entidade será reconhecida pela parceria e cooperação profícua que tem mantido com a instituição minhota ao longo de mais de duas décadas, mais concretamente desde 1998, que resultou na organização bem sucedida de 12 eventos internacionais, nomeadamente, seis campeonatos mundiais universitários e seis campeonatos europeus universitários.

A cerimónia contará com a presença do Sr. Secretário de Estado da Juventude e Desporto (SEJD), Dr. João Paulo Correia.

Texto: Ana Marques

Publicado em Deixe um comentário

AAUMinho é Campeã Nacional Universitária de Andebol Feminino

AAUMinho é Campeã Nacional Universitária de Andebol Feminino

A equipa da Associação Académica da Universidade do Minho (AAUMinho) é a primeira equipa campeã das Fases Finais dos Campeonatos Nacionais Universitários 2023! As minhotas venceram, na final, as estudantes-atletas da Universidade do Porto (U.Porto) por 33-29, arrecadando o título.
 
A final do Campeonato Nacional Universitário de Andebol feminino, decorreu ontem, dia 20 de abril, no Pavilhão José Natário, em Viana do Castelo.

A Universidade de Lisboa (ULisboa) foi medalha de bronze, tendo vencido a Associação Académica da Universidade de Aveiro (AAUAv) por 22-15 no jogo de atribuição do terceiro lugar.

Neste dia ficaram ainda apuradas as equipas finalistas das competições masculinas de basquetebol e futsal e as equipas finalistas da competição feminina de voleibol.

Na competição masculina de basquetebol, a AAUMinho venceu a Associação de Estudantes da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (AEFEUP) por 73-57. Na outra meia-final, a Associação dos Estudantes da Faculdade de Motricidade Humana (AEFMH) venceu a Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências e Tecnologia (AEFCT) por 92- 88, após prolongamento. O duelo final será entre a AAUMinho e a AEFCT, hoje às 16 horas, no Pavilhão José Natário, o jogo será transmitido no Facebook da FADU.   

No futsal masculino, AAUMinho venceu a Associação de Estudantes da Universidade da Maia por 4-1 na primeira meia-final e defrontará a equipa do Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) que ganhou por 4-3 à equipa da Associação de Estudantes do Instituto Universitário de Lisboa (AEISCTE-IUL). A final está marcada para hoje, às 19 horas e terá transmissão no Canal 11.

No voleibol feminino, no pavilhão de Santa Maria Maior, onde tiveram lugar as meias, passaram a AAUMinho, que ganhou à equipa da Associação de Estudantes da Universidade Portucalense Infante D. Henrique (AEPortucalense) por 3-1 (25–16, 25–9, 23–25 e 25–16) e a equipa da Associação de Estudantes do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (AEICBAS) que ganhou à AAUAv por 3-1 (29-27, 14-25, 25-21, 25-23). O jogo da final está marcado para hoje, às 11h30, e terá transmissão em direto no Facebook da FADU.

Redação 

Foto: FADU

Publicado em Deixe um comentário

Serviços desportivos perspetivam um ano de 2023 desafiante e intenso!

Serviços desportivos perspetivam um ano de 2023 desafiante e intenso!

Oferecendo uma enorme diversidade de serviços desportivos, o Departamento de Desporto e Cultura dos Serviços de Ação Social da Universidade do Minho (DDC-SASUM), tem como grande objetivo a promoção da prática desportiva para todos, contribuindo para aumentar os níveis de bem-estar e de qualidade de vida de toda a comunidade académica.

 

A UMinho Sports disponibiliza uma oferta alargada de serviços desportivos para a comunidade académica e externos, sendo possível treinar a partir de 2€ por sessão ou 15€ por mês.

São disponibilizadas atividades de fitness e musculação, avaliações físicas, atividades aquáticas, desportos de combate, modalidades desportivas de recreação e lazer nos Complexos Desportivos de Gualtar e Azurém e no centro de Condição Física de Santa Tecla, num total de 66 aulas de fitness por semana, 9 aulas de natação por semana, 11 modalidades desportivas de recreação, 14 modalidades protocoladas e ainda alugueres de espaços. 

Com um balanço bastante positivo de 2022, os responsáveis olham para 2023 como “desafiante”, devido à conjuntura atual negativa, a qual tentam contrastar com a dinâmica que está a ser imprimida aos serviços prestados, no sentido de ir ao encontro dos interesses e necessidades da comunidade académica, mas também porque será um ano marcado por vários acontecimentos desportivos, pontos altos do desporto universitário, em particular do Desporto na UMinho. 

O ano 2022 ficou ainda marcado, no seu primeiro trimestre, pelas limitações associadas à COVID-19, causando constrangimentos no acesso pleno aos serviços desportivos por parte dos utentes. Após esta fase, as instalações desportivas da UMinho foram dotadas de condições técnicas e de segurança para a prática de atividade física e desporto, disponibilizando uma oferta diversificada de serviços desportivos que fosse de encontro aos interesses da comunidade académica. “Gradualmente fomos recuperando a confiança dos nossos utentes verificando-se uma crescente procura e consequente retoma, o ano 2022 terminou com indicadores muito próximos dos de 2019. Terminamos o ano com -13% de inscrições e – 4% de utilizações face ao período homologo de 2019, pelo que podemos afirmar que o balanço é naturalmente positivo”, referiu o Diretor do DDC, João Ribeiro. 

Para 2023, o responsável aponta no sentido de “um ano igualmente desafiante”, atendendo à atual conjuntura e inflação económica. Neste especial contexto, os serviços desportivos da UMinho irão “disponibilizar serviços a baixo custo mantendo os padrões de qualidade, assim como permitir o pagamento dos cartões anuais e semestrais da UMinho Sports em prestações”. A aposta em termos de serviços disponibilizados “será muito direcionada para a promoção do bem-estar geral dos nossos utentes, assim como aumentar a taxa da população académica fisicamente ativa, nomeadamente, atividades de fitness, atividades aquáticas, modalidades desportivas de recreação e atividades outdoor”, afirmou. 

Mas o Desporto na UMinho é muito mais que as atividades da UMinho Sports, tendo vários “pontos altos” ao longo do ano. Desde logo o projeto desportivo de competição universitária, com várias provas ao longo do ano por todo o território nacional, culminando com a participação nas Fases Finais dos Campeonatos Nacionais Universitários, que este ano decorrerão de 17 a 28 de abril, em Viana do Castelo. Dependendo dos resultados obtidos a nível nacional, e caso as equipas/estudantes-atletas se sagrem campeões nacionais universitários na época a que diz respeito, nos meses de junho e julho, poderão participar nas competições europeias. No próximo mês de julho, de 16 a 23, a UMinho será palco da organização do Campeonato Europeu Universitário de Voleibol, prevendo-se mais de 500 participantes. Já durante este mês de março, realizou-se a entrega dos Prémios de Mérito Desportivo, um reconhecimento público aos estudantes-atletas que obtiveram resultados desportivos de excelência na época transata, a par do sucesso académico, mostrando a importância da aposta da UMinho no apoio ao desenvolvimento das carreiras duais. Em setembro, decorrerá a Gala do Desporto da UMinho, momento que presta homenagem aos estudantes/atletas e técnicos desta Universidade que, a título individual ou coletivo, alcançaram lugares de “PODIUM” nas Competições Desportivas Universitárias da presente época 2022/2023. 

Sendo que a missão dos Serviços Desportivos dos SASUM passa pela promoção da prática desportiva para todos, por via de uma oferta diversificada de modalidades, seja para competição, seja para recreação, seja para a concretização de objetivos pessoais relacionados com o bem-estar e a adoção de hábitos de vida saudável, João Ribeiro refere que, neste sentido, “o futuro passará sempre por ir de encontro aos interesses e necessidades da nossa comunidade académica, pelo que teremos de estar capacitados de mais e melhores instalações desportivas, assim como um quadro técnico de excelência, dotado de competências que vá de encontro aos objetivos pessoais e coletivos dos nossos utentes”. 

O responsável termina instigando a que “este é o momento certo para regressar, retomar e iniciar uma prática de atividade física regular na UMinho”. Apontando “a panóplia de serviços desportivos acessíveis a toda a comunidade académica, as condições técnicas e logísticas seguras e os técnicos credenciados para dar todo o apoio e acompanhamento necessário aos nossos utentes”, como boas razões para que a comunidade pratique desporto na UMinho e se junte à família ‘UMinho Sports’. 

As instalações desportivas funcionam de 2ª a 6ª feira das 08h00 às 23h00 e aos sábados das 09h00 às 13h00. 

A inscrição nas atividades pode ser realizada através da app mobile ou no portal UMinho Sports.

A informação está disponível em:

 www.sas.uminho.pt/desporto.

Texto: Ana Marques 

Foto: Nuno Gonçalves 

Publicado em Deixe um comentário

13.ª edição dos Prémios de Mérito Desportivo da UMinho galardoou 28 estudantes

13.ª edição dos Prémios de Mérito Desportivo da UMinho galardoou 28 estudantes

Este foi, sobretudo, um momento de homenagem aos estudantes atletas que, a título individual ou coletivo, se sagraram Campeões Nacionais Universitários e que, em simultâneo, tenham obtido aproveitamento escolar de acordo com as condições previstas no Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo para o Ensino Superior. Os 28 estudantes atletas foram assim galardoados pela conjugação da excelência desportiva com o mérito académico, premiação relativa ao ano 2021/2022.

 

A cerimónia de entrega dos Prémios de Mérito Desportivo decorreu no passado dia 20 de março, no Salão Nobre da Reitoria da Universidade do Minho (UMinho), em Braga, e contou com a presença do Reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, da Administradora dos Serviços de Ação Social, Alexandra Seixas, da presidente da Associação Académica, Margarida Isaías, e do coordenador local de Braga do Desporto Escolar, Carlos Dias.

Nesta que foi a 13.ª edição do evento, os premiados resultaram de seis modalidades, sendo que o Voleibol Feminino e o Andebol Masculino foram as modalidades com mais premiados, 13 e 6, respetivamente. Para além destas, a Natação elegeu quatro atletas, o Taekwondo e Futsal dois e o Xadrez um.  Estes surgiram de 20 cursos da UMinho e de sete unidades orgânicas de ensino e investigação, sendo que as escolas mais representadas nos eleitos deste ano foram a Escola de Engenharia (11) e a Escola de Ciências (5).

Sobre a época desportiva transata, “que se revelou uma vez mais de muitas conquistas, medalhas, troféus e organizações”, como assinalou a administradora dos SASUM, a UMinho alcançou, a nível nacional, 80 medalhas, com 210 estudantes atletas a serem medalhados em 17 modalidades. A nível internacional, foram conquistadas três medalhas nos campeonatos europeus, com 16 estudantes a serem medalhados. Para além destas competições, a UMinho foi palco do Mundial Universitário de Futsal em julho, competição onde quatro atletas da Academia foram medalhados.

Apesar da atual conjuntura e dos constrangimentos financeiros, a UMinho voltou, pela 13.ª vez, a fazer este reconhecimento àqueles que alcançaram, simultaneamente, o sucesso nas competições desportivas e nas prestações académicas. “É um esforço da aposta inequívoca da Academia à prática desportiva e ao desenvolvimento da carreira dual”, sublinhou Alexandra Seixas.

Este ano, o montante atribuído aos 28 estudantes galardoados foi de 10.057 euros.  No total, e ao longo de todas as edições, já foram atribuídos 943 Prémios de Mérito Desportivo, num investimento global superior a 220 mil euros.

“Porque acreditamos que o esforço, a dedicação, a prestação de cada estudante sai reforçada com mais e melhores competências, competências essas transversais, reconhecidamente importantes no desenvolvimento pessoal, profissional e social de cada um, acreditamos estar a reforçar o papel da Universidade na construção de uma sociedade mais capacitada e preparada para os desafios do futuro”, concluiu a responsável dos SASUM.

“Hoje premiamos a excelência, a excelência desportiva, o sucesso académico e a conciliação dos dois”, começou por dizer a presidente da Associação Académica. Destacando a UMinho como de “referência” e “reconhecida” no que toca ao desporto, a nível nacional e internacional, bem como a nível do desporto informal. Relativamente ao sucesso académico, “na UMinho nunca se questionou o valor da prática desportiva e da sua conciliação com o estudo”, evidenciando que já em 1998, a UMinho implementou um regime especial para o efeito, “o qual abriu caminho para a criação do que é hoje o Estatuto do Estudante Atleta”, disse. Acrescentando ainda que “somos, por isso, um íman para todos aqueles que desejam o melhor dos dois mundos”.

Dando os parabéns aos estudantes atletas premiados, afirmou: “vocês são motivo de orgulho para a Academia (…) procurem fazer sempre mais e melhor, inspirando todos os que vos vêm como exemplo a seguir”.

Mas Margarida Isaías não terminou a sua intervenção sem deixar alguns apelos, desafios e chamadas de atenção, frisando que é na transição do ensino secundário para o ensino superior que se “verifica o maior nível de abandono da prática desportiva”, seja a um nível mais informal, como a nível federado. Apontando, também, para uma desatualização dos métodos de ensino nas universidades portuguesas, que referiu serem “pouco flexíveis aos diferentes percursos académicos, com uma carga horária excessiva e curricular exigente”, que não olha para o sucesso académico como o conjunto de aprendizagens dentro e fora da sala de aula, evidenciando que o investimento financeiro no desporto “tem de ser uma prioridade”, declarou.

Face a isto, a representante máxima dos estudantes assegurou que a AAUMinho irá propor, em sede de Reunião Geral de Alunos, investir 360.000 no departamento desportivo, um reforço em 100 mil euros face ao ano transato, isto no sentido de tentar travar o abandono da prática desportiva. “A maior contenção de custos e um menor número de estudantes atletas participantes, refletem a falta de financiamento”. Assinalando que existindo um desinvestimento, “torna-se impossível a manutenção de resultados e de reconhecimento”, mas mais importante que isto, “não estamos a conseguir promover o desporto nas universidades”, declarou. Para além disto, a líder estudantil apontou também a necessidade de melhorar as infraestruturas desportivas, “sem investimento não temos complexos desportivos capazes e eficientes”.

“Estamos aqui para celebrar este compromisso da excelência desportiva com o sucesso académico”, começou por dizer o Reitor da UMinho, um facto que serviu também para a reafirmação daquilo que tem sido um compromisso da UMinho em torno do seu projeto de promoção do desporto.

O projeto do desporto da UMinho é um projeto partilhado entre os SASUM, a AAUMinho e a Universidade, “esta é certamente uma das razões fundamentais do seu sucesso ao longo destes anos”, referiu Rui Vieira de Castro. Um projeto com “expressão”, “transversal”, “exigente” e que deve, segundo este, ser “sustentável”.

Perante os tempos de rarefação de recursos, o responsável da UMinho indica que não devemos “desistir”, mas “confiar naquilo que é o rumo certo pelos efeitos benéficos que traz para a nossa comunidade de estudantes e comunidade universitária no seu conjunto”.

Respondendo à interpelação lançada pela presidente da AAUMinho, que pretende investir mais no desporto, Rui Vieira de Castro disse que “a Universidade não se pode deixar ficar para trás” e, dentro daquilo que são as condições da Academia, “saberemos encontrar as formas de responder ao desafio que a AAUMinho nos deixa”, concluiu. 

Com uma intervenção no âmbito do tema “Os impactos do desporto escolar e da carreira dual na relação com o aproveitamento académico”, Carlos Dias começou por apontar que o desporto implica “sair da rotina”, “romper barreiras”, “trabalhar em equipa e cooperação”, destacando que “o desporto desenvolve competências muito importantes”, pessoais, humanistas e de desenvolvimento integral, mas que o mais importante é a “realização pessoal”. Expondo que esta é muito mais do que fazer uma vida académica somente, ou uma vida desportiva somente, “a realização é conseguir incorporar os valores que o desporto tem, é ganhar competências com a formação académica, e, com a conciliação dos dois, conseguir fazer uma carreira dual até ao final da sua atividade desportiva e da sua atividade académica”, patenteou.

O coordenador local de Braga do Desporto Escolar expôs ainda que, no distrito de Braga, são cerca de 11 mil os alunos praticantes de desporto escolar e todos os concelhos do distrito possuem ofertas desportivas para além do futsal. Deixando um apelo disse: “A escola precisa do desporto, o desporto pode ajudar muito no desenvolvimento integral dos alunos. Esta é a nossa missão, de todos nós”.

Texto: Ana Marques

Fotos: Nuno Gonçalves 

Publicado em Deixe um comentário

UMinho entrega Prémios de Mérito Desportivo na segunda-feira

UMinho entrega Prémios de Mérito Desportivo na segunda-feira

A Universidade do Minho (UMinho) vai premiar mais uma vez os seus estudantes que conjugaram a excelência desportiva com o sucesso académico em 2021/2022. Ao todo serão distinguidos, com os Prémios de Mérito Desportivo (PMD), 28 estudantes atletas que obtiveram resultados de excelência em seis modalidades. O Voleibol e o Andebol foram as modalidades com mais premiados.
 
A cerimónia de entrega dos Prémios de Mérito Desportivo, relativa à época 2021/2022 realiza-se esta segunda-feira, dia 20 de março, pelas 18h00, no Salão Nobre da Reitoria da Universidade do Minho, em Braga. 
 

A sessão conta com a presença do Reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro, da Administradora dos Serviços de Ação Social, Alexandra Seixas, da Presidente da Associação Académica, Margarida Isaías, e do coordenador local de Braga do Desporto Escolar, Carlos Dias, que fará uma intervenção no âmbito do tema “Os impactos do desporto escolar e da carreira dual na relação com o aproveitamento académico”. 

Este será, sobretudo, um momento de homenagem aos estudantes atletas que, a título individual ou coletivo, se sagraram Campeões Nacionais Universitários e que, em simultâneo, tenham obtido aproveitamento escolar de acordo com as condições previstas no Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo a Estudantes de Ensino Superior.  

Os 28 estudantes premiados vão receber a bolsa e os respetivos certificados que atestam a sua excelência na vertente desportiva e académica. Estes surgem de 20 cursos da UMinho, sendo que as escolas mais representadas nos eleitos deste ano são a Escola de Engenharia (11) e a Escola de Ciências (5). 

As equipas de Voleibol Feminino e Andebol Masculino conquistaram o título de campeãs nas Fases Finais dos Campeonatos Nacionais Universitários (CNU’s) 2022 que decorreram nas cidades de Leiria e Marinha Grande, entre 16 e 27 de maio. Estas foram as modalidades que viram mais atletas eleitos para receber o prémio, 13 e 6, respetivamente. 

Dos 28 estudantes que vão ser distinguidos, 18 são do sexo feminino e 10 são do sexo masculino. 

A atribuição dos Prémios de Mérito Desportivo é uma iniciativa que já vai na sua 13.º edição. Ao todo, já foram atribuídos 943 Prémios de Mérito Desportivo, num investimento global superior a 220 mil euros.

Fonte: SASUM