Posted on Leave a comment

XVII Cidade Berço ? Festival de Tunas Académicas

XVII Cidade Berço ? Festival de Tunas Académicas

Nos dias 17 e 18 de março, a nobre cidade de Guimarães recebe mais uma edição do Cidade Berço ? Festival de Tunas Académicas, organizado pela Afonsina – Tuna de Engenharia da Universidade do Minho.
 
Depois de um período de interregno causado pela pandemia da Covid-19, este festival, cuja primeira edição remete já ao ano de 1999, regressou em grande em 2022, lotando o Grande Auditório do CCVF. Esta 17ª edição do evento promete manter a qualidade que a Tuna Afonsina tem vindo a garantir nas ultimas edições do seu festival, trazendo mais de 200 participantes à cultura vimaranense.

Além da tuna anfitriã e de quatro tunas da academia minhota, irão participar tunas de vários pontos do nosso país, viajando desde Lisboa, Porto, Covilhã e Barcelos.

O evento divide-se em dois momentos distintos:

  • Sexta-feira, dia 17 de Março ? 21h30 ? Centro Histórico de Guimarães

Noite de Serenatas de entrada gratuita com participação das tunas a concurso e extra-concurso.

  • Sábado, dia 18 de Março ? 21h30 ? Grande Auditório do Centro Cultural de Vila Flor

Noite de Espetáculo com participação da tuna anfitriã e das tunas a concurso. 

Os bilhetes para a Noite de Espetáculo já se encontram à venda, podendo ser adquiridos no Espaço Recurso da Universidade do Minho, na FNAC, Bilheteira Online e postos aderentes. 

Todas as informações sobre este evento podem ser consultadas nas redes sociais da Tuna Afonsina.

Fonte: Afonsina

Posted on Leave a comment

Grupo Folclórico da Universidade do Minho inaugura a Exposição ?Retalhos do Minho? na Galeria do Paço

Grupo Folclórico da Universidade do Minho inaugura a Exposição ?Retalhos do Minho? na Galeria do Paço

A exposição marca o início das comemorações do 30.º aniversário do GFUM com o projeto ?Voltas da Tradição?.

 

O Grupo Folclórico da Universidade do Minho vai inaugurar amanhã, dia 28 de janeiro, a exposição ?Retalhos do Minho?, na Galeria do Paço, em Braga. Esta mostra etnográfica servirá de pontapé de saída para as comemorações dos 30 anos do grupo e ficará patente até ao dia 11 de fevereiro, com espólios pertencentes a vários colecionadores, provenientes de diferentes zonas da região.

Os diversos concelhos do Baixo Minho (Braga, Vila Nova de Famalicão, Esposende, Guimarães, Barcelos e Vieira do Minho), assim como concelhos circundantes, estarão representados por peças originais de coleções privadas e de algumas coletividades locais, cedidas para o efeito.

A mostra etnográfica servirá de arranque ao projeto cultural das comemorações, ?Voltas da Tradição? que assenta num conjunto de iniciativas para a promoção da cultura popular e tradicional do Baixo Minho. Este projeto integrará exposições, tertúlias, workshops, concertos, o festival “Memória” – Festival Universitário de Artes e Tradições, a Canção Bracarense e um conjunto de medidas de salvaguarda para a candidatura do “Canto a Vozes”, a Património Cultural da Humanidade.

Estes momentos de celebração, que estão previstos para o resto do ano, contam com vários apoios como o da Universidade do Minho, Município de Braga, IPDJ, Associação Académica da Universidade do Minho e ainda o patrocinador oficial, Braga Parque, além de outras empresas que se associaram.

GFUM

Posted on Leave a comment

VI Tunão ? Festival de Tunas Femininas

VI Tunão - Festival de Tunas Femininas

Organizado pela Tun?ao Minho – Tuna Académica Feminina da Universidade do Minho, com coorganização da ARCUM – Associação Recreativa e Cultural da Universidade do Minho, o evento decorrerá nos dias 18 e 19 de novembro, em Braga.

 

A 6ª edição do Tunão celebrará também o 10º aniversário da mais recente tuna feminina da Universidade do Minho. 

Num fim de semana que junta o melhor das tunas femininas nacionais nas ruas de Braga, o Tunão tem como ponto de partida a noite de sexta-feira, numa verdadeira homenagem à cidade, através de uma noite de serenatas. Realiza-se no Salão Medieval da Reitoria da Universidade do Minho. A entrada é livre e começa às 22H00. 

Participam, como extraconcurso, a Gatuna – Tuna Feminina Universitária do Minho e Tun?Obebes – Tuna Feminina de Engenharia da Universidade do Minho. É também a primeira apresentação pública das tunas a concurso no festival: As Fans – Tuna Feminina da Universidade de Coimbra, a TFIST – Tuna Feminina do Instituto Superior Técnico, a TFAAUAv – Tuna Feminina da Associação Académica da Universidade de Aveiro e, por último, a Tunassa – Tuna Feminina do Instituto Superior de Agronomia. 

O dia de sábado inicia-se com uma arruada ao início da tarde, pelas principais ruas do centro histórico de Braga, a cargo dos Bomboémia – Grupo de Percussão da Universidade do Minho. No decorrer da tarde, serão várias as atividades a decorrer no Parque São João da Ponte, tais como workshops de Braguesa e de Danças Tradicionais, entre outras.

Já o espetáculo principal, irá decorrer a partir das 21H00, no Grande Auditório do Altice Forum Braga. Para além da participação das tunas a concurso anteriormente referidas, o espetáculo contará ainda com a participação extraconcurso da TUM – Tuna Universitária do Minho, enquanto que o encerramento contará com a atuação da tuna organizadora, a Tun?ao Minho. 

The bilhetes para o espetáculo têm um custo de 5 euros para estudantes e/ou menores de 25 anos e de 10 euros para público geral.

Poderão ser adquiridos na bilheteira do Altice Forum Braga, no site da Ticketline ou na FNAC. 

No dia 16 de novembro, decorrerá o Arraial Tas?ca Piela, no Largo dos Peões, a partir das 19 horas, com a atuação de vários grupos convidados:  Bomboémia – Grupo de Percussão da Universidade do Minho, Afonsina – Tuna de Engenharia da Universidade do Minho e do GFUM – Grupo Folclórico da Universidade do Minho, num momento dedicado a todos os estudantes da Academia Minhota. 

Mais informações disponíveis na página de Facebook da Tun?ao Minho ou instagram.

Fonte: Tun?ao Minho

Posted on Leave a comment

XXVII Celta ? Duetos

XXVII Celta - Duetos

Organizado pela Azeituna – Tuna de Ciências da Universidade do Minho, o CELTA ? Certame Lusitano de Tunas Académicas está de volta, após dois anos de suspensão devido à pandemia. A 27 edição decorrerá nos dias 9 e 10 de dezembro, no Theatro Circo.

 

Mais uma vez este ano, o espetáculo trará a palco as melhores tunas do país, masculinas e femininas, para uma exibição com um tema inovador: ?XXVII Celta – Duetos?! 

O palco será partilhado por duas tunas em simultâneo, trazendo harmonias nunca antes vistas no panorama de tunas académicas. 

Os bilhetes estão à venda e podem ser adquiridos na Bilheteira Online(bol.pt); Theatro Circo, e outros parceiros habituais. Os preços variam entre os 8? e os 13? (5? e 10? para estudantes).

Fonte: Redação 

Posted on Leave a comment

XXVI TROVAS recordou o espírito dos anos 90

XXVI TROVAS recordou o espírito dos anos 90

A Tuna Feminina Universitária do Minho ? Gatuna, apresentou no passado dia 22 de outubro, a 26ª edição do Trovas ? Festival de Tunas Femininas, oferecendo ao público bracarense um espetáculo com o tema “TROVAS DOS 90”, que reuniu tunas de vários pontos do país na fabulosa sala de espetáculos do Theatro Circo.
 
O evento contou com a presença dos seus amigos de longa data, os Jogralhos ? Grupo de Jograis Universitários do Minho, que comandaram a apresentação do festival, e da Afonsina ? Tuna de Engenharia da Universidade do Minho, que alegrou a noite com a sua música e boa disposição. Esta edição diferenciou-se também com a participação de elementos da Gatuna na apresentação, recordando os trinta anos de existência do grupo, a importância do espírito dos anos 90 e também da amizade numa cómica apresentação em conjunto com os Jogralhos.
 

Os prémios do XXVI TROVAS foram para: Grande Prémio Trovas e Melhor Tema: TunaF ? Tuna Feminina do Orfeão Universitário do Porto; ?Prémio Caracol? – Melhor Instrumental, Melhor Porta-Estandarte, Melhor Original e Tuna mais Tuna: TFAAUAv ? Tuna Feminina da Associação Académica da Universidade de Aveiro; Melhor Pandeireta: TFIST ? Tuna Feminina do Instituto Superior Técnico; e Melhor Solista: TunaMaria.

Uma excelente noite musical combinada com o ritmo e originalidade das tunas.

Fonte: GATUNA

Posted on Leave a comment

Jantar do Caloiro ?22

Jantar do Caloiro ?22

A Gatuna – Tuna Feminina Universitária do Minho está a organizar a XXIII edição do Jantar do Caloiro. Com o tema ?Faroeste?, a grande festa de integração dos novos alunos realiza-se no próximo dia 4 de outubro, na discoteca KeimÒdrumo, em Braga.
 

O evento, dedicado exclusivamente aos novos alunos da academia minhota, tem como objetivos, promover a sua integração na vida académica, assim como o contato com os grupos culturais num dos espaços mais frequentados pelos estudantes universitários. 

A noite promete animação, música e surpresas! 

Link do evento:

https://www.facebook.com/events/606917564242452/?ref=newsfeed

Fonte: Gatuna

Posted on Leave a comment

Estudo sobre as políticas portuguesas de emigração entre Portugal e Brasil vence Prémio Victor de Sá 2021

Estudo sobre as políticas portuguesas de emigração entre Portugal e Brasil vence Prémio Victor de Sá 2021

Marina Galvanese recebeu o prémio das mãos do reitor da Universidade do Minho (UMinho), enquanto Fábio Faria recebeu a menção honrosa.
 
A cerimónia de entrega decorrida no passado dia 6 de julho, referiu-se à 30.ª edição do Prémio Victor de Sá de História Contemporânea 2021, promovida pelo Conselho Cultural da Universidade do Minho. O Prémio, criado por Victor de Sá, é o maior galardão do país para jovens investigadores desta área.
 

A investigadora brasileira laureada, concorreu com a obra ?Os sentidos da emigração portuguesa: discursos, diplomas e políticas entre Portugal e Brasil (1835-1914)?, frisando que o título surge porque ?não há um sentido único, daí os sentidos?, disse. Assinalando que o seu ?fio condutor? foram as leis e portarias relativas à emigração publicadas durante a Monarquia Constitucional Portuguesa, trabalho através do qual ?procurou compreender os sentidos dessas leis, os fatores que levaram os políticos de então a elaborá-las e aprová-las?.

O presidente do Conselho Cultural da Universidade do Minho, Miguel Bandeira realçou a finalidade da entrega deste prémio, ?manter a chama viva de um exemplo referencial e a generosidade de uma grande ideia?. Considerando que, a investigação vencedora ?engrandece o portefólio de trabalhos?.

Nesta edição foram oito as obras a concurso, o que revela a ?vitalidade? da investigação no campo da história contemporânea portuguesa, referiu o reitor da UMinho, Rui Vieira de Castro. Salientando ainda que com a atribuição deste prémio, ?a Universidade mantém viva a memória de Victor de Sá?, sendo um ?estímulo à vida profissional e pessoal dos investigadores?.

O historiador Fábio Faria recebeu a menção honra do Prémio Victor de Sá pela investigação ?Refugiados espanhóis em Portugal: entre a repressão policial e a solidariedade popular (1936–1945).

As candidaturas à 31.ª edição do Prémio Victor de Sá já estão abertas até 30 de setembro.

Os trabalhos concorrentes devem versar sobre aspetos da História Contemporânea Portuguesa, a partir de 1820, estar redigidos em língua portuguesa e ser originais datilografados ou, então, publicados desde o ano de 2021 e até ao último dia do prazo para a entrega de candidaturas, as quais devem ser entregues, pessoalmente ou por carta, no Largo do Paço, em Braga.

Texto: Ana Marques

 

Posted on Leave a comment

Coro do Queen?s College de Oxford atua na Reitoria da UMinho

Coro do Queen's College de Oxford atua na Reitoria da UMinho

O Coro do Queen’s College de Oxford (Reino Unido), dirigido por Owen Rees, atua esta quinta-feira, dia 7, às 19h00, no salão medieval da Reitoria da Universidade do Minho, no Largo do Paço, em Braga.
 
A iniciativa tem entrada livre e insere-se na Conferência Interdisciplinar dos 650 Anos da Aliança Luso-Britânica, que a Escola de Direito da UMinho e a iniciativa Portugal UK-650 promovem até 9 de julho. É também o início da digressão portuguesa deste coro, que até dia 15 vai passar por Braga, Vizela, Lisboa, Sintra, Coimbra e Porto. 
 

O Coro do Queen?s College é um dos melhores e mais ativos coros universitários do Reino Unido, juntando a atividade regular na capela barroca do seu campus a atuações com orquestras profissionais como a Academy of Ancient Music, a Oxford Philomusica e a Orchestra of the Age of Enlightenment. Já realizou digressões pelos EUA, China, Sri Lanka, Itália, Espanha, França, Países Baixos e Alemanha. 

Além disso, grava regularmente música renascentista, barroca e contemporânea para a BBC Radio e gravou a banda sonora de filmes nos famosos Abbey Road Studios em Londres, como ?Harry Potter e o Enigma do Príncipe?, que foi nomeada para um Grammy e prémio BBC Film Music of the Year. Este coro lançou diversos discos, incluindo de polifonia portuguesa com o maestro e musicólogo Owen Rees. A gravação das obras ?Dixit Dominus?, de Handel e Alessandro Scarlatti, foi aclamada pelas revistas ?Early Music Review? e ?Choir and Organ?, entre outros exemplos.

O site oficial é:  www.queenschoir.com.

Fonte: GCI

Posted on Leave a comment

UMinho Editora na Feira do Livro de Braga

UMinho Editora na Feira do Livro de Braga

A UMinho Editora vai participar na 31ª Feira do Livro de Braga, que decorre de 1 a 17 de julho e tem o lema ?uma cidade livro aberto, onde cada um pode escrever a sua história?.
 
A iniciativa decorre nas ruas Dr. Justino Cruz, Rua Francisco Sanches e Largo de S. João do Souto, em plena área pedonal do centro histórico. A sua abertura ao público é esta sexta-feira, pelas 18h00. 

Ao longo do evento vão ser apresentados quatro livros publicados pela UMinho Editora, no Espaço Tertúlia:

– 02 de julho, 18h00 | ?COVID-19: a estratégia? (em edição com a Fundação Mestre Casais)

– 03 de julho, 17h00 | ?O antigo Paço dos arcebispos de Braga?

– 16 de julho, 18h00 | ?Pensar Portugal – A modernidade de um país antigo?

– 17 de julho, 15h00 | ?Língua portuguesa global: comunicar no panorama mediático luso-brasileiro? 

Mais informações: editora.uminho.ptfeiradolivro.cm-braga.pt

Fonte: GCI

Posted on Leave a comment

Vozes do CAUM voltam a (en) cantar a cidade de Braga

Vozes do CAUM voltam a (en) cantar a cidade de Braga

O XX Vozes Sobre a Cidade regressa ao Santuário do Bom Jesus de Braga num formato totalmente normal. A 9 de julho, às 21:30, vai poder assistir ao concerto, com entrada livre e gratuita, sem necessidade de reserva.
 
Organizado pelo Coro Académico da Universidade do Minho (CAUM), o concerto realiza-se anualmente e celebra o fim do ano letivo dos estudantes minhotos. Este é, também, um momento especial para os coristas do CAUM: alguns pelo momento de pasagem a efetivos e outros por ser o seu concerto de despedida. 
 

A presidente do CAUM, Bruna Lopes, realça que “há muito ânimo por parte do Coro para voltar ao Vozes Sobre a Cidade que sempre conhecemos, sem restrições, onde reina apenas a música e a amizade”. Sobre as duas novas músicas que vão ser apresentadadas, explica que “foram introduzidas este ano” e que “no Coro estamos todos empolgados para ver a reação do público”. 

A vigésima edição do Vozes Sobre a Cidade conta com a participação da Afonsina – Tuna de Engenharia da Universidade do Minho – que, diretamente vinda de Guimarães, promete trazer muita folia. Igor Fernandes, magister da Afonsina, afirma que o principal objetivo da Afonsina é “transmitir valores como a amizade, a simpatia, alegria e em simultâneo transmitir boa disposição aos inúmeros locais por onde passa”, e estão “entusiasmados” com esta sua participação.  

Neste espetáculo irão ser recordadas as canções que marcam mais um ciclo do CAUM e, pela direção do Maestro Sílvio Cortez, promete-se um bonito serão de Verão. 

Fonte: CAUM